Blog

Bar do Mercado vence o concurso Comida di Buteco 2015 em Uberlândia

A Agência R8 tem o prazer ter como cliente e parceiro o vencedor da Comida di Buteco 2015 de Uberlândia!

Quem não se deliciou comendo a ‘Prosa de Buteco’ acompanhada com uma cerveja gelada no Bar do Mercado não sabe o que está perdendo, chame todo mundo e conheça o prato campeão.

Confira abaixo a matéria que o Correio de Uberlândia publicou sobre a notícia.


O grande vencedor do Comida di Buteco de Uberlândia, edição 2015, foi revelado na noite desta segunda-feira (14). O Bar do Mercado, com o prato “Prosa de Buteco”, que continha língua bovina acompanhada de farofa a mineira e batatas gratinadas na manteiga com ervas finas, foi o escolhido pelo público. O bar vencedor fica na rua Olegário Maciel, 255, Box 2, no centro da cidade.


Bar-do-Mercado

O segundo lugar ficou com o Bar Butekão, que concorreu com o prato “Fraldão”, que continha fraldinha cozida acompanhada de farofa de abacaxi com canela e molho barbecue. O Kareka’s Bar conquistou a terceira colocação com o prato “Costelinha Maravilha”, que apresentava costelinha suína ao molho de abacaxi.

Neste ano, em Uberlândia, 14 estabelecimentos entre veteranos e cinco calouros aceitaram participar da competição.A  média entre os quesitos avaliados garantiu o resultado da premiação. Foram avaliados, com nota de 1 a 10, a higiene, o atendimento, a temperatura da bebida e o petisco (que leva 70% da nota). O voto do júri vale 50% e do público, 50%. O Instituto de Pesquisas Vox Populi foi o responsável pela apuração em todas as cidades.

Desafio de 2015

Criar petiscos combinados aos sabores das frutas foi o desafio lançado pelo concurso Comida di Buteco, que chegou ao oitavo ano de realização em Uberlândia, com a participação de 14 bares da cidade. Criado em Belo Horizonte, em 2000, o Comida di Buteco chega à 16ª edição nacional, mobilizando 500 botecos em 20 cidades de 11 Estados das cinco regiões do País. Em Uberlândia, a votação foi encerrada no dia 3 de maio.


comida-di-buteco-MarcosRibeiro

Segundo o coordenador regional do concurso, Gustavo Coutinho, a missão do Comida di Buteco é a transformação de vidas por meio da comida de raiz. “Todos os bares que convidamos a participar do concurso são espontâneos, ou seja, têm o dono à frente e carregam a sua identidade, não são franquias. Assim, a gente consegue transformar essas vidas”, diz Coutinho.

Em Uberlândia, dos 14 estabelecimentos participantes, cinco eram calouros. A competição avaliou não apenas o sabor dos pratos, mas também a qualidade do atendimento, a higiene do espaço e a temperatura das bebidas, com notas que podem ir de 1 a 10. Durante três semanas, botequeiros e jurados convidados puderam apreciar os petiscos e escolher o mais saboroso. A maior média entre os quesitos avaliados garantiu a premiação. Os votos do júri e do público valem, igualmente, 50%.

Movimentação

Para o coordenador do Comida di Buteco, Gustavo Coutinho, durante os oito anos de realização em Uberlândia, o concurso se consolidou como uma ferramenta para a evolução dos bares da cidade. Um dos aspectos que atestam a tese do coordenador é a ampliação do mix de produtos dos empreendimentos. Para entrar no concurso, os donos de bar têm de criar um petisco novo, o que estimula o esforço de inovação. “A gente tira da inércia aquele bar que está há muito tempo no mesmo lugar e leva o público para ele. A estimativa é que, durante o circuito, o faturamento dos bares aumente 30%”, afirma Coutinho.

Pratos participantes
Bar Butekão – Fraldão
Bar da Antônia – Torresmo com molho de abacate
Bar do Betão – Torresmo tropical
Bar do Carlinho – Escondidinho tropical
Bar do Dudu – Franguinho tropical
Bar do Mercado – Prosa de buteco
Bar do Rubinho – Tiracuja
Dom Barreto Choperia – Filé com banana ao molho de gorgonzola
Kareka’s Bar – Costelinha Maravilha
Mãozinha Espetinhos – Elisalmondega
Mussa Petisqueira – Cupim à moda da casa
Seis e Meia – Carne serenada ao tempero agridoce
Spettos – Carne de panela Spettos
Xega Ki – Mamacaxi

Comente a matéria abaixo

Compartilhe esta notícia