Blog

LinkedIn para Empresas: Dúvidas e soluções

Uma ferramenta que muitas empresas vem usando e trazendo resultados positivos é o famoso LinkedIn.

O LinkedIn como ferramenta de marketing e vendas vem trazendo grandes oportunidades por ser plataforma líder em relacionamento voltado para negócios.

A dúvida que muitos tem é a seguinte: Criar um perfil para minha empresa ou uma página?

No LinkedIn, a geração de leads é importante assim como o aumento de vendas e isso só acontece se você cria uma Página de Empresa.

Páginas de Empresas: O caminho certo.

O correto é começar pelo perfil pessoal e, a partir dele, construir a Página de Empresa.

Nela você faz o mesmo que no seu perfil pessoal: Adiciona informações relevantes e deixe ela apresentável.

Construir um perfil para sua empresa não só está errado como vai prejudicar todo o processo de geração de oportunidades que a plataforma oferece.

O perfil deve ser exclusivo para indivíduos como as Páginas de Empresas são para negócios.

Aí você se pergunta: Ok, mas quais estratégias eu posso aplicar para melhores resultados?

  • Arrumar uma pessoa responsável apenas para conteúdos da Página bem.

Ela deve gerar e coordenar as postagens e analisar a performance dos mesmos.

Montar estratégias e observar se as metas definidas da empresa estão sendo batidas.

  • Se for muitos produtos e serviços que a empresa prestar, divida a página em abas. E se o conteúdo for grande, deixe uma pessoa responsável por cada aba.

Dessa forma, as postagens ficarão impecáveis, cada qual com o assunto devido, além de um gerenciamento mais dinâmico.

  • O sucesso na rede gira em torno de conteúdo de qualidade e recomendações.

A cada profissional de sua empresa que compartilha uma publicação, o seu poder de alcance será ainda maior, por isso deixe sua equipe engajada.

Com o LinkedIn, as oportunidades de networking e marketing são abundantes e de grande notoriedade.

Se o serviço for feito com cautela, dedicação e tempo de organização, ele tem tudo pra ser sucesso!

 

Comente a matéria abaixo

Compartilhe esta notícia