Blog

Funil de vendas para o e-commerce

Se você acha que a sua venda começa no momento que um visitante acessa seu e-commerce, então é preciso rever seus conceitos. Antes de chegar até sua página, o usuário passou por outros sites, viu as opções de produtos, comparou preços, observou as características do produto e teve a experiência de navegação em outra loja.

O que é um funil de vendas?

Funil de vendas é um modelo teórico, cujas etapas variam conforme a realidade de cada empresa e, que geralmente é dividido em 3 partes: topo, meio e fundo de funil.

  • Topo de funil: É uma fase de atração e aprendizado, por isso é utilizado de estratégias para atrair clientes, podendo ser através da  disponibilização de conteúdos relevantes. Aqui estão todos os visitantes da sua página, independente do interesse em seus produtos ou serviços.
  • Meio de funil: O interesse de adquirir um produto ou serviço já existe mas ainda é necessário saber mais para finalizar o negócio. Para isso, é interessante criar conteúdos ricos e completos com informações e soluções de problemas do cliente, além também, de ser uma oportunidade de oferecer descontos exclusivos, promoções e brindes, conduzindo ao fechamento do negócio.
  • Fundo de funil: Aqui o cliente já adquiriu seus materiais, já conhece sua marca e está mais seguro para fechar negócio. É nessa fase que seu produto ou serviço será oferecido, fazendo uma oferta atraente e indicando produtos/serviços de modo a levar o cliente a finalizar a compra. Após a venda, procure saber sobre a satisfação do cliente e procure fidelizá-lo.

Para um funil de vendas, é preciso criar uma estrutura para atender desde o primeiro contato com o cliente (em que ele demonstra vontade para adquirir um produto ou serviço) até pós compra. A partir dela é possível mensurar o desempenho em cada etapa, identificar erros e melhorias e aumentar a taxa de conversão, consequentemente, melhorar os negócios.

Funil de vendas no e-commerce

Para um e-commerce é preciso criar um modelo de funil de vendas capaz de influenciar um visitante a comprar de sua loja virtual.Então siga 5 dicas e boas vendas!

1.Atraia visitantes

O primeiro movimento a ser feito é fazer com que visitantes cheguem até sua página. Para isso, é possível utilizar o Google Ads, Facebook Ads, utilizar técnicas para trabalhar o tráfego orgânico, tudo isso, visando o aumento de visitas.

2.Selecione seus visitantes

Crie uma base ativa e sólida de clientes oferecendo um conteúdo ou assinatura de Newsletter em troca de um e-mail. Promoções, descontos e publicidade podem ser utilizados para esse interesse inicial.

3.Conquiste a confiança

Envie conteúdo grátis com dicas e incentivos para que seus leads acessem, conheçam sua marca e comecem a estreitar um relacionamento com sua empresa.

4.Identifique oportunidades e converta clientes

Identifique oportunidades de conversão e fechamento de negócios. Ofereça incentivos para que o cliente finalize a compra.Personalize o atendimento para encantar o consumidor, ofereça produtos relacionados e ofertas de acordo com o interesse do consumidor.

5.Pós venda

Após conquistar o consumidor para a sua primeira compra, agora é necessário focar na fidelização e encantamento do seu cliente. Afinal, é muito mais barato manter um cliente do que atrair e despertar o interesse de um novo. Então, invista em e-mails marketing, frete grátis ou desconto para a próxima compra.

Siga essas dicas e monte a sua estratégia para alavancar suas vendas e diminuir a quantidade de produtos abandonados no carrinho de compras. Faça um benchmarking e observe as oportunidades para melhorar seus resultados.

Comente a matéria abaixo

Compartilhe esta notícia