Blog

Gestão de SEO: conheça o RankBrain, a nova atualização do Google

Conheça a nova atualização do Google que foi anunciada no final do ano passado.

gestao-de-seo-conheca-o-rankbrain-a-nova-atualizacao-do-google
 

Uma nova atualização do Google, o RankBrain, foi anunciado em outubro de 2015 e as informações foram confirmadas pela Alphabet. A nova atualização recebeu esse nome pelo fato de seus resultados se basearem em inteligência artificial.

Um dos objetivos é que o algoritmo passe a auxiliar o buscador no aprendizado da tarefa de trazer o resultado mais relevante para o usuário de maneira inteligente, é um novo passo para o algoritmo hummingbird lançado em setembro de 2013 que focava nos resultados baseados na semântica.

A ideia agora é que o próprio buscador faça os elos de busca entre as palavras através de uma intuição e que aprenda a forma que o usuário costuma buscar com o passar do tempo através dessa inteligência artificial evitando exibir resultados redundantes ou com sentido ambíguo.

Apesar da mudança isso não afetará a forma como o buscador classifica os resultados, é na verdade uma nova atualização do algoritmo hummingbird que já era utilizado.
Estima-se que cerca de 15% dos resultados de busca atuais passam pela atualização. A metodologia da ferramenta poderia ser definida como uma versão atualizada do Knowledge Graph que traz respostas a perguntas feitas no buscador e já é utilizado há mais de dois anos.

Como RankBrain ajudará a melhorar os resultados de busca?

Bom, o Google recebe cerca de 3 bilhões de buscas por dia!

A maioria dessas buscas são repetidas, mas os 15% de novas pesquisas diárias representam 450 milhões de buscas.

É um número imenso de novas informações sendo recebidas todos os dias.

Entre essas novas buscas, estão pesquisas complexas com diversas palavras. Esse tipo de consulta também é chamado de long-tail.

O RankBrain foi projetado para ajudar a interpretar melhor essas pesquisas entregando os melhores resultados de busca para o usuário.

Ele pode ver padrões entre pesquisas complexas, que aparentemente são desconexas, e entender qual é a semelhança entre elas.

O aprendizado, permite que o algoritmo possa compreender melhor futuras pesquisas complexas e se elas estão relacionadas a algum tema específico.

O RankBrain pode, então, associar os grupos de pesquisa com resultados que ele julga ser mais adequado para o usuário.

Comente a matéria abaixo

Compartilhe esta notícia