Blog

Home Office: o futuro do trabalho pós pandemia

O mundo do trabalho pós pandemia, segundo pesquisas, já está se transformando. A grande mudança foi a adoção do home office como regime de trabalho nas empresas.

Este era um cenário que já estava sendo preparado para ser adotado, entretanto, com o distanciamento social causado pela pandemia do coronavírus, essa realidade mudou da noite para o dia.

As empresas nunca mais serão as mesmas. O mundo dos negócios está em jogo. As perspectivas do mercado dão conta que uma revolução digital e de comportamento implicarão em transformações substanciais para todos tipos de empreendimentos. Com o intuito de minimizar os estragos econômicos, hoje, de acordo com dados da FGV, 67,4% dos trabalhadores formais estão trabalhando remotamente. Desses 20 milhões de trabalhadores em regime de home office, a grande maioria, segundo pesquisa feita pela Cia do Trabalho e Instituto Renoma, aprovam o modelo de trabalho apesar de críticas pontuais.

Imagem: phonoway.com.br

Home Office como solução

Em avaliação feita seguindo o critério de satisfação, as pessoas avaliam como positivas as mudanças, muito devido à romantização de se trabalhar em casa mas também pela facilidade gerada por não ter que enfrentar horas no trânsito do percurso casa-trabalho. Percurso este que gera ganhos emocionais ao trabalhador e ao mesmo tempo gera economia no vale-transporte para as empresas.

Dados apontam que a economia para as empresas chega ao patamar de 15% com a adoção do regime de trabalho remoto. Conta de energia, gastos com insumos de consumo diário, como o cafezinho, vale-transporte e aluguel de espaço são os responsáveis por essa economia. Outro fator que é possível de se quantificar é o aumento na produtividade de até 46% nos trabalhadores, diz a FGV.

O home office é uma realidade e que a tendência no pós-pandemia é que muitos escritórios físicos sejam abandonados e o coworking assumirá mais visibilidade. Ajustes precisam ser feitos e será necessário investir no desenvolvimento e aperfeiçoamento de algumas habilidades importantes dos colaboradores para este modelo de trabalho, mas estes primeiros indicadores apontam que as pessoas estão abertas para este formato. 

De acordo com dados da InfoJobs, o empresário que não se preparar para as mudanças imediatas terão um grande prejuízo, não só do ponto de vista financeiro mas também sob a perspectiva de conseguir manter uma equipe focada em resultados.  O autoconhecimento é a palavra chave para os profissionais no pós pandemia.

Comente a matéria abaixo

Compartilhe esta notícia