Blog

O que é e o que muda com a lei geral de proteção dos dados (GDPR)?

A General Data Protection Regulation (GDPR), ou lei de proteção de dados, é uma legislação aprovada em 2016 pela União Europeia. Ela influencia todo o mundo, passando a ser obrigatória a partir de 2018. Mas você sabe em que isso interfere na sua empresa?

A legislação surgiu para proteger os dados dos usuários e também a sua privacidade na web. Portanto, se a sua empresa trabalha com dados dos usuários (principalmente nas estratégias de marketing) saiba que ela influencia diretamente na sua organização.

Você não entende muito bem sobre o assunto? Venha conosco que ensinaremos tudo!

Entenda a importância da lei de proteção de dados

Com tantas empresas presentes no universo online, a legislação surge para resolver alguns problemas relacionados à privacidade do usuário. Isso porque muitos problemas acontecem se uma organização não sabe administrar bem esse assunto — como é o caso do vazamento de dados e de processos.

Além disso, a sua empresa pode enfrentar impactos negativos caso não cumpra a legislação. Para você ter uma ideia, a multa vai de 50 milhões ou 2% da renda anual (depende do que for maior).

Veja como a GDPR funciona

Na prática, significa que a sua marca precisa rever todo o planejamento de coleta, tratamento e armazenamento de dados. Em termos mais simples, é preciso reformular toda a presença online para que ela seja transparente e muito objetiva, principalmente quando for interagir com o público. Sendo assim, é obrigatório ter:

  • política de privacidade no seu site;
  • informações de cobrança precisam estar muito claras;
  • alerta de cookies no layout do seu site;
  • consentimento claro dos pais e responsáveis em casos de dados de menores de idade;
  • consentimento claro sobre qualquer dado coletado; e
  • opt-in claro e objetivo.

Além disso, vamos supor que uma pessoa se cadastrou para receber os seus e-mails marketing. No e-mail, é necessário ter, de forma acessível, alguma informação de descadastramento. Assim, se a pessoa não tem mais interesse em receber as suas informações, ela pode remover o serviço com facilidade.

Contudo, quando a pessoa informa que não deseja mais receber as suas notícias, é essencial que você tenha uma política de descadastramento. Ou seja, é necessário deletar todos os dados da pessoa (e não guardar para enviar novamente os e-mails em um segundo momento, situação que acontecia com muita frequência).

Além disso, você não pode repassar os dados para terceiros. Por exemplo, você faz uma parceria com outra empresa, e vocês desejam trocar contatos. Isso não pode acontecer sem a autorização e consentimento do usuário (que deve ter a opção de aceitar ou recusar).

A lei de proteção de dados (GDPR) é proveniente da legislação europeia referente a coleta, tratamento e armazenamento de dados dos usuários. Ela surge para preservar as informações pessoais e a privacidade do público com o qual a sua empresa se relaciona. Dessa maneira, é preciso rever as políticas internas do seu negócio e se adequar à nova lei, evitando multas e complicações futuras.

Neste post, você aprendeu mais sobre a lei de proteção de dados. Você já adequou a sua empresa à nova legislação? O que você acha sobre esse assunto? Conte-nos logo abaixo.

Comente a matéria abaixo

Compartilhe esta notícia