Blog

O que é necessário para abrir uma loja virtual?

No último ano, o comércio eletrônico no Brasil registrou números positivos, mesmo diante de um cenário de instabilidade econômica. Com custos mais acessíveis e a possibilidade de ter um alcance maior do que no varejo tradicional, abrir uma loja virtual tornou-se uma ótima alternativa para as pessoas que desejam empreender e começar o próprio negócio.

Ainda que as lojas virtuais ofereçam benefícios em comparação às lojas físicas — como custos operacionais mais baixos —, os novos empresários precisam prestar atenção em pontos como planejamento do negócio, escolha da plataforma e formas de pagamento. A seguir, separamos uma lista do que você vai precisar para abrir o seu e-commerce. Confira:

Escolha sua plataforma

Um dos primeiros desafios ao empreender no comércio online é entender qual plataforma de e-commerce é a mais adequada para o seu negócio. Esse passo é decisivo, pois a plataforma é a base de qualquer loja virtual.

Tendo isso em vista, é importante que o empreendedor saiba que a escolha da plataforma deve atender às demandas básicas da empresa, mas também é fundamental identificar as necessidades futuras do seu negócio.

Para quem está começando, uma boa alternativa é buscar o serviço de agências especializadas no desenvolvimento de e-commerce. Ter o auxílio de profissionais capacitados facilitará não apenas na escolha, mas no entendimento de fatores como momento do negócio e orçamento disponível para o planejamento do seu comércio eletrônico.

Defina quais as formas de pagamento

O mercado possui três opções diferentes de formas de pagamento para lojas virtuais, são eles:

  • intermediadores de pagamento;
  • gateway de pagamento;
  • integração com operadoras.

Para os empreendedores que estão começando, especialistas recomendam a contratação de intermediadores, pois eles são capazes de terceirizar os processos de pagamento. Essa opção oferece ainda a análise antifraude e diversas opções de pagamento, como cartões de crédito, débito em conta e boleto.

Já os gateways são indicados para lojas com grande volume de transações, pois fazem a integração do e-commerce com as administradoras de pagamento. Por fim, você pode optar por entrar em contato diretamente com as operadoras de créditos e consultar os benefícios que elas oferecem.

Invista em logística

Muitos empresários acreditam que a logística de um e-commerce se resume apenas à entrega dos produtos, mas isso é um engano que pode ser fatal, afinal, a logística engloba desde o bom gerenciamento do seu estoque.

Com isso em mente, acompanhe a entrada e saída de itens de perto, pois a gestão do estoque permite aumentar a rentabilidade da sua loja virtual, além de evitar transtornos, como um cliente comprar um produto que está indisponível em seu estabelecimento.

Em seguida, defina qual será o método de transporte usado pela sua loja. As duas alternativas mais comuns são os Correios ou o serviço de transportadoras. Caso você escolha a segunda opção, procure empresas com tradição neste segmento e, sempre que possível, pesquise a reputação da mesma.

Defina sua estratégia de marketing

De acordo com relatórios da ABComm (Associação Brasileira do Comércio Eletrônico), em 2016 o setor alcançou um faturamento de R$ 53,4 bilhões, um aumento de cerca de 11% em relação ao ano anterior. Para se dar bem nesse cenário, saber onde e como atingir o público-alvo da sua empresa é uma etapa muito importante da implantação e consolidação de um e-commerce.

O primeiro passo é traçar um planejamento em marketing digital e, para isso, o recomendável é buscar o serviço de agências capacitadas a entender o seu negócio e qual a melhor estratégia para ele. Assim, com a ajuda de especialistas no assunto, você saberá se o ideal para o seu empreendimento é investir em e-mail marketingotimização de sites, marketing de conteúdo, mídias sociais, entre outros.

Se o seu objetivo é abrir uma loja virtual, portanto, procure a consultoria de uma empresa especializada para entender quais as necessidades da sua empresa. Com a ajuda de uma agência focada no mercado digital, será ainda mais fácil começar o seu negócio online.

O que achou do nosso artigo? Quer abrir o e-commerce e precisa da ajuda de uma empresa especializada? Entre em contato com a Agência R8 e conheça nossas facilidades!

 

Comente a matéria abaixo

Compartilhe esta notícia