Blog

Psicologia das cores nas marcas

A psicologia das cores é algo sempre levado em consideração quando pensamos o branding de uma marca. Estudos mostram que as pessoas são levadas a tomar decisões por impulso influenciadas pelas cores que enxergam. Elas são capazes de influenciar o seu humor, de liberar substâncias no seu organismo e de influenciar o seu cérebro a fazer determinada ação. Deste modo, entender como o cérebro entende e interpreta as cores é algo essencial na hora de desenvolver uma marca ou produto.

Imagine a cena: você marcou de encontrar com um amigo numa tarde de verão em uma cafeteria perto da sua casa. O dia está muito quente. Você chega primeiro e se senta numa das mesas do lado de fora do estabelecimento para aguardar seu amigo. Nesse intervalo, um garçom pergunta se você deseja alguma coisa. Você pede um refrigerante. O garçom retorna trazendo uma garrafa gelada. Eu te pergunto: qual a cor do rótulo dessa garrafa que você imaginou? Você provavelmente irá responder: vermelho. É ou não é? A marca em questão, a Coca-cola, fez um excelente trabalho de branding em sua marca que, inclusive, influenciou, por meio das suas campanhas de natal, a cor pela qual conhecemos o Papai Noel hoje. Personagem esse que associamos a um bem-estar, um acolhimento e é o queridinho do mercado por estimular as vendas. Não é um excelente personagem para associar sua marca? Podemos observar o quanto a parte visual de uma marca é importante para consolidá-la no mercado e fixá-la na memória das pessoas.

Utilizar-se da Psicologia das Cores é um meio de chamar a atenção do consumidor. Ao conhecer uma marca, a grande maioria das pessoas, diz que um fator decisivo no momento da compra é a identidade visual do produto/marca. Suas cores podem ser responsáveis pela aceitação ou rejeição das pessoas.

Veja o significado das cores e como elas causam impacto no nosso cérebro:

AZUL

Representa tecnologia, saúde, purificação, acolhimento, frescor e paciência. Transmite calma, segurança e confiança. Aumenta a criatividade e produtividade.

VERMELHO

Representa prazer, sensualidade, paixão, entusiasmo, força, energia, liderança, intensidade e perigo. Transmite calor, confiança e proteção do medo/ansiedade.

AMARELO

Representa concentração, disciplina, lucro, inteligência, sorte, alegria, motivação e comunicação. Transmite credibilidade, otimismo, esperança, transparência. Ajuda a estimular a concentração e desenvolver o intelecto.

VERDE

Representa equilíbrio, natureza, fertilidade, juventude, riqueza, esperança, possibilidade, abundância e estabilidade. Transmite tranquilidade, harmonia, frescor e vitalidade. Está ligada à saúde e coerência.

LARANJA

Representa mudança, expansão, dinamismo, generosidade, aconchego, energia, criatividade, alegria e excitação. Estimula a área do cérebro que responde pela necessidade de repetição da experiência prazerosa. É uma cor amigável e convidativa.

ROXO

Representa mistério, sensatez, velocidade, inovação, concentração, sucesso, sabedoria e idealismo. Está relacionada a área do cérebro ligada ao planejamento de ações, resolução de problemas e pensamento abstrato.

PRETO

Representa elegância, poder, modernidade, sofisticação, anonimato e força.

Veja alguns exemplos de cores aplicadas a algumas marcas:

Psicologia das cores

E para escolher a melhor forma de combinar as cores, indicamos o ColorSupply. É um aplicativo gratuito da internet onde você consegue visualizar várias combinações harmônicas entre as cores de acordo com os vários tipos de escalas cromáticas.

E aí? O que você achou? Faz sentido? Sua marca possui as cores da mensagem que você quer passar para o seu público? Conversa com a gente!

Comente a matéria abaixo

Compartilhe esta notícia